Paróquia de São José celebra os festejos do Padroeiro em Carinhanha

0
322

Os festejos de São José, Padroeiro da cidade de Carinhanha – BA aconteceu entre os dias 09 e 19 de março. A programação teve inicio com o novenário onde participaram os sacerdotes: Pe. Valber, Pe. Gentil, Pe Antonio Junior, Pe Benedito, da Diocese de Bom Jesus da Lapa, e o Pe. Lauro da cidade de Malhada.

A festa, que é tradição na cidade, teve seu encerramento no dia 19 de março, dia de São José, às 09h00, com Missa Solene celebrada pelo Bispo Diocesano, Dom Joao Santos Cardoso, no espaço do Parque de Exposição de Carinhanha, e contou com a participação de uma multidão de fiéis e devotos das diversas comunidades da região.

 

História de São José

São José era carpinteiro, descendente da casa real de Davi. Marido da Virgem Maria e protetor da Sagrada Família, foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo. Esteve ao lado da Virgem Maria em todos os momentos, principalmente na hora do parto, que aconteceu em um estábulo, em Belém. Educou e protegeu o menino Jesus, com o amor de Deus-Pai. São José foi um homem justo, trabalhador e exemplo de pai. A simplicidade e a fidelidade fizeram de São José o protetor escolhido para Maria e para o próprio Jesus, bem como para todos nós.

Nos Evangelhos, São José aparece na infância de Jesus, podendo-se confirmar as citações em alguns livros da Bíblia Sagrada (Mt. 1 e 2; Lc. 1 e 2). Mateus, em seu Evangelho, descreve a história sob o ponto de vista de José: “O Anjo do Senhor manifestou-lhe, em sonho, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria como tua Mulher, pois o que nela foi gerado vem do Espírito Santo.”( Mt 1,20).

 

Oração a São José

A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e, depois de ter implorado o auxílio de Vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança solicitamos também o Vosso patrocínio. Por este laço sagrado de caridade que Vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente Vos suplicamos que lanceis um olhar benigno para a herança que Jesus Cristo conquistou com seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o Vosso auxílio e poder. Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas; e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus contra as ciladas de seus inimigos e contra toda adversidade. Amparai a cada um de nós com o Vosso constante patrocínio a fim de que, a Vosso exemplo e sustentados por Vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém!

 

Texto: Pe. Antonio Júnior / Glaucia Santos – Pascom

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here