Baiano, Dom Rubival toma posse como 5º bispo de Bom Jesus da Lapa

Nesta quarta-feira (22), no Santuário do Bom Jesus da Lapa, o 5º bispo diocesano foi empossado em uma cerimônia na presença de leigos de Bom Jesus da Lapa e de Grajaú-MA, (sua até então Diocese) religiosos e membros do clero de outras dioceses. O rito canônico foi presidido pelo Cardeal Dom Sérgio da Rocha, Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil.

Dom Rubival beijou o solo ao chegar ao Santuário

Dom Rubival, que é natural de Jaguaquara-BA, esteve em Bom Jesus da Lapa pela última vez há 20 anos, retornando agora como pastor. Na presença de familiares, incluindo a mãe, Maria de Lourdes, recebeu o báculo que pertenceu ao primeiro bispo da Lapa, Dom José Nicomedes Grossi.

Já empossado, o novo pastor recebeu os cumprimentos dos padres da Diocese, religiosos e leigos representantes das pastorais e movimentos. 

Após o rito, ele que tantas vezes visitou o Santuário como romeiro, entrou pela primeira vez como bispo diocesano.

Na Santa Missa, Dom Rubival deu início à homilia falando sobre a missionariedade e a necessidade que o mundo tem de verdadeiros missionários, que encontram sua força na oração, prática da caridade e esforço para amar sem medidas. Ele também ressaltou a beleza da história da Diocese de Bom Jesus da Lapa e lembrou a importância dos bispos que o antecederam. “A bonita missão desta Igreja, que foi pastoreada por homens de Deus, sucessores dos apóstolos, que neste chão sagrado apascentaram, ensinando governando e santificando, aqui fazemos memória dos meus antecessores”.

O novo bispo também lembrou aos fiéis a unidade que deseja formar com todo o povo para viver a verdadeira missão da Igreja e que se dá a partir do encontro com o Bom Jesus.“ Uma Igreja capaz de amar até às últimas consequências, uma Igreja serva, samaritana, acolhedora, hospital de campanha, casa da iniciação à vida cristã. Porque o encontro com o Bom Jesus muda tudo, dá sentido novo, nos faz nascer do alto para nos curvar no seio da mãe terra como cuidadores da casa comum”.

O final da Santa Missa contou com os agradecimentos de Dom Rubival aos presentes, incluindo os religiosos que fizeram parte de sua trajetória e com as mensagens dirigidas a ele. 

Compartilhe

Deixe seu comentário

Menu