Missa de Despedida e Ação de Graças pelos 8 anos de pastoreio de Dom João Cardoso na Diocese de Bom Jesus da Lapa

Ao entardecer do último dia 19, na Gruta de Pedra e Luz, em solene celebração eucarística, o povo de Deus da Diocese de Bom Jesus da Lapa, reunido com o presbitério diocesano e religioso, despediu-se de seu Pastor, Dom João Santos Cardoso. Em sua homilia, o excelentíssimo agradeceu profundamente a presença do povo de Deus em seu ministério, bem como dos religiosos(as), seminaristas e, de modo particular, do seu clero diocesano, que o ajudou a pastorear o rebanho do Senhor.

A Diocese de Bom Jesus da Lapa foi pastoreada por Dom João durante 8 anos, desde a sua posse em 25 de setembro de 2015. Durante seu pastoreio, Dom João marcou a história da Diocese de Bom Jesus da Lapa com diversas ações e gestos que ficarão guardados na memória do povo. Dentre as atividades realizadas, ele deu continuidade à obra de seus antecessores e criou 3 novas paróquias e uma área pastoral; dinamizou a pastoral vocacional, ampliando o número de seminaristas e ordenou oito novos sacerdotes diocesanos. Realizou visitas pastorais nas paróquias, além da presença ordinária em seus eventos pastorais. Promoveu as assembleias sinodais diocesanas que resultaram na elaboração do Diretório da Administração Eclesial, dos Sacramentos e Pastoral, que contém as Diretrizes, Normas e Estatutos da Diocese.

Através das Assembleias Diocesanas e das reuniões dos Conselhos Diocesanos de Pastoral e Presbiteral, tem conduzido a ação diocesana evangelizadora e elaborado e atualizado os Planos de Pastoral da Diocese com base nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Captou recursos e, com fundos da própria Diocese, realizou a reforma e ampliação do CTL com a construção da Capela e de um Novo Módulo. Também alocou recursos para construir a casa paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Graças, a nova Casa das Irmãs Vicentinas ao lado do Abrigo dos Pobres, a casa das Irmãs Franciscanas de Allegany, bem como a adaptação da Cúria Diocesana no andar térreo da antiga casa das Irmãs Vicentinas e, no andar superior, a Casa Sacerdotal. Atraiu três novas congregações religiosas femininas para a Diocese: as Irmãs Franciscanas de Allegany, as Ministras dos Enfermos de São Camilo, que sucederam as Irmãs Vicentinas na condução do Abrigo dos Pobres de Bom Jesus da Lapa, e as Irmãs missionárias da Rosa Mística, que chegaram em julho do ano corrente para administrar o CTL.

A gratidão a Dom João será eterna! Desejamos ardentemente que ele continue sendo abençoado e conduzido pelo Espírito Santo em todo seu ministério episcopal, e que o seu pastoreio na Arquidiocese de Natal seja fecundo.

Texto: Rafael Meira, seminarista da Diocese; Fotos: Uelder Negrão

Compartilhe

Deixe seu comentário

Menu